Featured

Chefchaouen, a cidade mais interessante do Marrocos

By agosto 14, 2019 0

Também chamada de Cidade Azul, Chefchaouen é conhecida por suas paredes pintadas em diferentes tons de azul.

Há algumas teorias sobre por que as paredes da cidade foram pintadas dessa cor. Alguns acreditam que ela protege contra os mosquitos, enquanto outros dizem que a comunidade judaica, depois de escapar da Europa, pintou as paredes em uma cor que simboliza o céu.

Embora essa certamente não tenha sido a razão original para pintar a cidade, atrair turistas é uma das principais razões pelas quais a prática continua. A cor incomum é, afinal de contas, a principal reivindicação da cidade para a fama.

Além das atrações e atividades naturais próximas, como caminhadas nas montanhas e visitas às Cascatas de Akchour, uma das principais atrações de Chefchaouen é passear pela medina da cidade e admirar as cenas pitorescas que se desenrolam em cada esquina e em cada escada.

No centro da principal Plaza Uta-el-Hammam fica a Kasbah da cidade, uma fortaleza medieval que é agora um museu.

Aqui você pode desfrutar de uma refeição ou bebida em um dos restaurantes da praça, enquanto aprecia o movimento.

A partir da praça principal, você pode ir descendo a ladeira pelos souks que vendem de tudo, desde chinelos de couro e tigelas de cerâmica, a folhas frescas de chá e especiarias.

E os tapetes? Ah os tapetes são a coisa mais linda do mundo! Dá vontade de ter todos.

Apesar desses tons de azul serem um colírio para os olhos, a cidade é bem pobre e em alguns momentos pode parecer até mesmo uma favela. Aliás o problema que senti no Marrocos é bem isso: um país feito de detalhes maravilhosos, onde nem sempre o todo é agradável.

Aqui um visual da cidade vista de cima:

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Translate »