Magret de Canard, ou peito de pato, com molho de vinho do Porto.

By outubro 19, 2019 0

Uma das maiores estrelas da culinária francesa, a carne de pato ainda é pouco consumida pelos brasileiros. O maior produtor brasileiro, o Villa Germânia, exporta 60% da produção.

Ingredientes

2 unidades de magret de pato

manteiga sem sal gelada 30 gr

sal e pimenta do reino

tomilho e alecrim secos

vinho do Porto 200 ml


Preparo

Com uma faca bem afiada faça cortes no lado da gordura dos filés de peito de pato, fazendo o desenho de losangos. Cuidado para não atingir a carne.

Tempere o magret dos dois lados com sal e pimenta do reino moída na hora. Pode usar também alecrim e tomilho secos.

Esquente bem uma frigideira e coloque o magret com a gordura para baixo, até tostar bem a pele. Mantenha uma temperatura média, não muito alta para que a gordura não queime, e nem muito baixa, para não cozinhar em vez de grelhar. Na medida em que a gordura da pele vai derretendo, use uma colher para regar a carne com esta mesma gordura.

Vire a carne e frite por um tempo menor, no total não passe de 8 minutos. O interior da carne deve permanecer rosado.

Agora deixe o magret descansar por alguns minutos para o sangue escorrer. Despeje o líquido que ficou na frigideira por cima dos filés e leve ao forno pré aquecido a 200°, com a gordura para cima. Enquanto isso prepare o molho.

Use a mesma frigideira, sem lavar. Vamos deglacear a frigideira com o vinho do Porto.

Reduza o líquido a 1/3 e acerte o tempero.

Incorpore os cubos de manteiga gelada, mexa bem com um fouet.

Retire o magret do forno e fatie fino.

Distribua-os pelo prato no formato de um leque. Regue com o molho. Sirva com o acompanhamento de sua preferência.

Gosto muito também de usar um molho ao Poivre, com batatas fritas para acompanhar.

1 Comentários
  • ROSALICE MARILIA HANSCH
    outubro 19, 2019

    Huuummm! Maravilhooooso! Parabéns Mônica!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Translate »