Trekking Guatin ou o passeio ao Vale dos Cactos. Deserto do Atacama (parte final)

By novembro 10, 2015 1

Esse passeio ao Vale dos Cactos é imperdível, por ser talvez o único lugar em que se vê água corrente no deserto do Atacama.

Atacama

É uma boa caminhada, mas sem muitas diferenças de altitude. Relativamente fácil e linda.

Deserto do Atacama

O que mais me impressionou no lugar foi esse cacto gigante, chamado de Cactus Abuelo (Cacto Avô), porque possui 300 anos de vida e 10 m de altura!

Atacama

São cerca de 2 horas de caminhada a 3.000 metros de altitude, um pouco mais alto que San Pedro de Atacama.

Atacama

Se der, sente, aprecie a natureza, pense que cada cacto cresce 1 cm por ano, e entenda a magnitude do lugar que você decidiu sabiamente conhecer.

Atacama

O cânion era usado como passagem no tempo da dominação inca. Ali veríamos água, uma raridade fora dos oásis de San Pedro e Calama.

Atacama

Atacama

Antes mesmo de ver os cactos, eu já estava encantada com as colas de zorro (rabo de raposa), uma folhagem típica do Chile, e que forma praticamente uma floresta na entrada do cânion. É que ali acontece a confluência de dois rios, um de águas quentes, vindas de uma fonte termal, e outro de água fria, vinda de degelo das montanhas.

Atacama

A trilha é cheia de formações rochosas interessantes.

Atacama

E vestígios arqueológicos.

Atacama

Deserto do Atacama

O final da trilha é árduo; muito protetor solar e disposição, pois é só pedra e muito sol. Mas tudo valeu a pena, pois a beleza do lugar é incrível.

Atacama

Clique e veja todas as outras dicas sobre o Atacama

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Translate »