Fim de ano em Gothenburg, na Suécia. Na Suécia??!!

By agosto 25, 2015 2

 

Acho que toda nova experiência de viagem é bem vinda. Ir parar lá, no norte do mundo num Reveillon frio, foi de fato muito estranho e diferente. E por isso mesmo trouxe novos aprendizados, e algumas boas dicas da linda Gothenburg.

 

Gothenburg

 

 

Gothenburg é a segunda maior cidade da Suécia. Tem uma Arquitetura muito interessante e bela, onde o moderno convive em harmonia com o antigo.

 

 

Gothenburg

 

Um clima de fim de ano totalmente diferente do Brasil, muito mais introspectivo. As pessoas são mais contidas, mais educadas é bem verdade. Mas valeu a experiência…o inverno tem seu encanto e a luz é maravilhosa.

 

CIMG0208

CIMG0206

 

 

Minhas Dicas de Gothenburg:

 

1. Arte e Museus

Além dos espaços de arte mais centrais, como o Centro Hasselblad, o Museu Röhsska e o Museu de Arte de Gotemburgo, vale a pena visitar Röda Sten, um salão de exposições com uma grande variedade de artistas contemporâneos, bem como um café e um clube.

 

Götaplatsen

Museu de Arte de Gotemburgo

 

2. Passeios de barco

É claro que o verão é bem melhor para se estar em Gothenburg. E quando é melhor para fazer passeios de barco pelo arquipélago, que é belíssimo e cheio de vilas pesqueiras, ou pelos canais da cidade que são bem bonitos também.

 

Göteborg

Barken_Viking

 

 

3. Os Bairros legais e seus restaurantes

Imagine uma “Berlim cool”, mas com a simpatia de uma pequena cidade. Onde é legal pegar uma bicicleta ou mesmo o tram, e explorar bairros como o Linnéstaden, o Rosenlund, o Eriksberg e o boêmio Majorna.

 

     .Linnéstaden, Tredje Långgatan

Antiga área do porto de Gotemburgo que agora está cheia de restaurantes, bares e cafés. A mais recente adição ao bairro é Auktionsverket Kulturarena, uma antiga casa de leilões convertida em restaurante, um bar de vinho, café, padaria e galeria. Obras de artistas locais cobrem as paredes dentro do ótimo bistrô italiano Taverna Averna, e as margaridas e tacos no Tacos & Tequila são bem honestos.

 

 

     . Roselund

A área de Rosenlund vem sendo revigorada com a abertura de vários bares e restaurantes, seguindo uma tradição que começou com o mercado de peixe local, há 150 anos: o Mercado Feskekôrka. Um dos restaurantes mais visitados é o Market, que serve KoMex, uma fusão de comida de rua mexicana e coreana.

 

FESKEKÔRKA

Feskekôrka Market

     . Eriksberg

Do outro lado do rio, o bairro possui uma esplanada que é uma delícia num dia de sol. Muitas opções como o Cafe Italia e o River Restaurant on The Pier, ambos com vista para a água.

 

 

 

4. A Comida e os Hotdogs

Um dos melhores hotdogs de rua da minha vida (bom, o americano também é ótimo, mas o título de melhor ainda é da Islândia!). Muitos queijos gostosos também. E aquelas pastas em tubo; de salmão, arenque, queijo fundido…E sem esquecer dos frutos do mar, hum tudo muito bom!

 

5. Os Restaurantes

Gothenburg é a capital gastronômica da Suécia, com vários restaurantes com estrelas Michelin. Mas existem outras várias opções além das já citadas, também divertidas e menos caras:

 

1. Boulebar
Que tal combinar brunch com bocha? O jogo é bem popular em Gothenburg. No interior, plantas mediterrâneas dão a sensação de se estar ao ar livre, e a comida é boa.

 

Boulebar

 

2. Kale’i Kaffebar
Nenhuma visita a Suécia é completa sem uma “fika” (café e lanche). No Kale’i Kaffebar servem delícias como sanduíches caseiros e uma variedade de bolos, pães e doces.

 

Kale'i Kaffebar

 

3. Tapasbaren
É um favorito local. Atmosfera boêmia onde servem uma lagosta com molho de alho divina. Em Majorna.

 

Tapasbaren

 

 

6. Älvsborg Fortress

Por último, mas muito legal também, é visitar essa antiga fortaleza em um dia quente de verão. E o passeio de barco para chegar lá é uma delícia. São apenas 40 minutos.

 

 

 

Mais imagens dessa cidade linda:

 

Gothenburg

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

No Comments Yet.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Translate »