A Costa Vicentina e o Parque Natural do Sudoeste Alentejano, dicas de um Portugal tão lindo

By junho 1, 2016 3

 

A área da Costa Vicentina no Parque Natural do Sudoeste Alentejano engloba várias praias, vilas e aldeias dignas de serem visitadas!

Lá as praias se sucedem, algumas em longas faixas de areia, outras menores emolduradas por falésias de xisto e calcário. Tudo muito lindo.

 

Costa Vicentina, Portugal

 

Essa faixa costeira que vai de São Torpes a Burgau, é conhecida como a Costa Vicentina e é a maior extensão de costa portuguesa protegida ambientalmente. Aqui a natureza preservada tem um caráter forte, selvagem, com paisagens de tirar o fôlego.

 

 

 

As aldeias e praias neste canto da costa portuguesa são bastante diferentes da costa sul, o famoso e agitado Algarve. Aqui não há agitação; são praias quase desertas a uma curta distância umas das outras, e muitas aldeias para explorar.

 

 

Aqui ainda há a possibilidade de se dar um passeio ao longo das falésias ou em uma das praias e não ver ninguém, além de um surfista ou um pescador. Algumas praias são quase desertas, com acessos escondidos.

 

 

Lugares para visitar na Costa Vicentina

 

1. Aljezur e o Castelo

A vila de Aljezur foi construída em ambos os lados do rio que atravessa o vale, verde e fértil…a cidade velha de um lado e a nova do outro. No século 18 a cidade velha foi infestada pela malária, assim para fugir da doença, a “nova” cidade foi construída além do rio. É na cidade velha que estão pequenos cafés, restaurantes e o comércio em geral.

 

 

 

Os restos de um Castelo Mouro do século 10 podem ser vistos no alto da colina sobre a cidade velha, e a vista de lá é fantástica!

 

 

 

2. Praia de Odeceixe e Praia das Adegas

Em Odeceixe se pode tomar banho de rio e de mar. Boa também para o surf. Escondida ao lado está a pequena e bela Praia das Adegas.

 

Odeceixe e Adegas

 

 

3. Praia de Monte Clérigo

Está a apenas 10 km de Aljezur, uma curta distância através do campo. Belas vistas sobre o Atlântico à medida que se aproxima da praia. Boa para o surfe.

 

 

Praia do Monte Clérigo

 

 

4. Praia da Amoreira

Praia deliciosa, foi a que elegemos para estar mais vezes. Praia como as nossas: areia fina e clara, mar limpo, barzinho perto.

 

 

 

5. Fortaleza e Praia da Arrifana

Praia longa com mais de 500 metros, e ótima para o surfe. Na extremidade sul situa-se a bela rocha conhecida como a Pedra da Agulha. Na ponta norte ficam as ruínas da Fortaleza de Arrifana.

 

 

 

6. Praia do Amado

Se você pegar a estrada em direção à praia de Bordeira é possível dirigir ao longo do penhasco até a Praia Amado. Vale a pena pela vista e pelo outro grande restaurante da região, o “Sítio do Forno”.

O Amado é muito conhecido pelas suas ondas, com escolas de surf e bodyboard. É procurada por surfistas de todo o mundo.

 

Costa Vicentina, Portugal

 

 

 7. Sagres

Se você quiser se aventurar um pouco mais longe, faça como a gente e vá até a ponta sudoeste da Costa Portuguesa, Sagres.

Lugar belíssimo com um forte antigo muito legal de ser visitado.

Se quiser ficar por aqui e continuar suas férias no Algarve (o que é também uma ótima opção) recomendo o Hotel Memmo Baleeira.

 

 

 

7. Rota Vicentina

Rota Vicentina é uma série de trilhas para caminhada, no sudoeste de Portugal: Caminho Histórico, Trilho dos Pescadores e vários Percursos Circulares, totalizando 400 km de trilhas, entre a cidade de Santiago do Cacém e o Cabo de S. Vicente, ponto mais a sudoeste da Europa, perto de Sagres.

1808_Mapa IR2

 

 

O melhor Hotel da Costa Vicentina

A região tem muitas pousadas simples e alojamentos rurais. Ficamos em um lugar muito especial a que eu dediquei meu post anterior: o Cerro da Borrega. O hotel perfeito, no lugar perfeito.

 

Hotel Cerro da Borrega, Portugal

 

 

Os melhores Restaurantes da Costa Vicentina

É claro que existem muitos outros restaurantes bons na região, principalmente de peixes e frutos do mar, mas testados, aprovados e repetidos foram esses a seguir, que recomendo demais.

 

1.  O Paulo

Antes de qualquer coisa, o lugar onde se situa esse restaurante é maravilhoso! A vista dos penhascos e praias abaixo é bela demais. Foi com certeza o melhor restaurante desta viagem.

Vale experimentar o Arroz de Marisco e a Lagosta, e claro de entrada, Amêijoas a Bulhões Pato e Perceves.

 

Costa Vicentina, Portugal

 

 

 

 

2. Sítio do Forno

Com um cardápio semelhante ao do anterior, é um restaurante muito bem servido e agradável e com uma vista magnífica para a Praia do Amado. Do Arroz de Marisco às Cataplanas de Tamboril e de Amêijoas, é tudo muito gostoso.

 

 

 

Outras dicas de bons restaurantes que não tivemos oportunidade de visitar, apesar de super recomendados:

 

 

 

Total surpresa essa parte de Portugal! Adorei a Costa Vicentina! Veja também o vídeo.

 

Costa Vicentina, Portugal

 

4 Comentários
  • Filipe Morato Gomes
    julho 4, 2016

    A Costa Vicentina é uma região mágica e onde não me canso de voltar. Um lugar que gosto muito é a praia da Carriagem, perto de Rogil, que até considero, porventura com algum exagero, a praia mais bonita de Portugal. 🙂
    Obrigado pelo post, gostei muito.
    Filipe

    • Monica Zacharias
      julho 5, 2016

      Olá Filipe, agradeço o comentário. Pena não ter conhecido Carriagem, na próxima vez irei com certeza. Portugal é belíssimo, adoro seu país!. Os visuais, a comida e as pessoas.

  • António Santos
    julho 6, 2016

    Parabéns pelo artigo.
    Há coisas incríveis em Portugal e uma delas é ser um país de tão pequenas dimensões e mesmo assim haver lugares ainda tão protegidos das massas humanas.
    Mas é preciso que assim continue…, retirando o necessário partido disso em termos turísticos.
    Não é preciso esconder para preservar, mas é preciso divulgar exigindo que se preserve.

    • Monica Zacharias
      julho 7, 2016

      António, concordo totalmente com você! E espero que vocês portugueses tenham a força necessária para lutar contra os “poderes” que desmatam, poluem e estragam nossas belezas naturais, o que nós brasileiros não conseguimos muitas vezes.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Translate »